quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Por que a fotografia em preto e branco nos fascina tanto?

A imagem em P&B era originalmente uma limitação. A fotografia foi inventada oficialmente em 1839 mas foi só cerca de 100 anos depois que a fotografia colorida ficou realmente viável. Era o fim da restrição e todos poderiam fotografar o mundo como ele sempre foi: colorido!
Mas por que, mesmo depois da descoberta e popularização da fotografia colorida, a gente continuou a fazer fotos em preto e branco?




Mas por que, mesmo depois da descoberta e popularização da fotografia colorida, a gente continuou a fazer fotos em preto e branco?

Medo do novo

O primeiro motivo para que a foto em P&B não morresse foi a reação dos fotógrafos da época. Assim como ainda hoje é possível escutar fotógrafos negando a validade da fotografia digital em relação ao filme, na década de 40 os fotógrafos negavam a novidade da fotografia colorida. Essa modernidade toda que estaria “depreciando a fotografia de verdade”. É comum isso acontecer a cada mudança de estilo ou tecnologia: até mesmo Monet era visto como alguém que estava “depreciando a arte de verdade” pelos críticos da época, que negavam o impressionismo.

Mesmo com o choque inicial, a fotografia colorida desde então cresceu e se tornou a mais utilizada. Hoje ela é unanimidade na mídia: é muito raro encontrarmos um filme, um outdoor ou um editorial de moda sem cores. Afinal, queremos a realidade.

Mas ela ainda está aí

Mesmo com as cores nos permitindo registrar o mundo com mais precisão as fotos preto e branco ainda vivem. O motivo pode ser variado, incluindo uma nostalgia crônica da geração Instagram, mas a maioria dos fotógrafos concorda: as cores podem nos distrair do que realmente interessa em uma foto. A emoção, as formas e as texturas aparecem muito mais em um registro sem esta distração.

É por isso que muitos fotógrafos atuais gostam tanto da fotografia monocromática. Eu, particularmente, gosto de deixar uma suave tonalidade de cor, mantendo muito levemente colorida minha fotografia P&B. Assim se consegue perceber o destaque necessário na imagrm e imaginar as cores da cena. Asas à percepção!
:-)

Em defesa da cor

O cinza pode destacar sim emoções e composições na foto, mas a cor também pode existir para reforçar tudo isso. Dependemos somente do bom senso para definir o que combina mais com o momento fotografado e com o nosso estilo.



0 comentários:

Postar um comentário